Obras do Senhor

Como designer não poderia deixar de apreciar o lado artístico de Deus. Abaixo estão apenas alguns exemplos das obras maravilhosas criadas por Ele.

Bendito seja o teu nome glorioso! A tua grandeza está acima de toda expressão de louvor. Só tu és o Senhor. Fizeste os céus, e os mais altos céus, e tudo o que neles há, a terra e tudo o que nela existe, os mares e tudo o que neles existe. Tu deste vida a todos os seres, e os exércitos dos céus te adoram.

Neemias 9:6

MONTANHAS TIANZI - CHINA

Floresta de pedras, nascentes de água entre bosques e rochas e grutas fazem das montanhas Tianzi um dos locais mais bonitos do mundo. Este é um grande trabalho da natureza. O pico mais alto das montanhas está a mais de 1200 metros acima do nível do mar. Ao seu redor estão vários picos elevados e rochas pitorescas. No topo das montanhas, pode-se desfrutar de uma vista fabulosa sobre as colinas sinuosas e vales profundos da área de Wulingyuan, bem como cascatas e pinheiros velhos à deriva nas brumas. A paisagem também varia de acordo com os estado do tempo. As vezes o cêu está azul, o que dá uma sensação de força e vastidão. As vezes as nuvens e névoas dão um certo ar de mistério.

Cliffs of Moher - Irlanda

Os Cliffs of Moher são uma das principais atrações turísticas da Irlanda. Os penhascos têm 214 m de altura no ponto mais alto e prolongam-se por 8 km sobre o Oceano Atlântico na costa ocidental do Condado de Clare. Estes majestosos penhascos são sem duvida um dos sítios naturais mais bonitos da Europa e do Mundo.

Antelope Canyon - EUA

O Antelope Canyon é a garganta mais visitada e mais fotografada no sudoeste americano. Ele está localizado em Navajo terra perto de Page, Arizona. Antelope Canyon inclui duas seções separadas: o Antelope Canyon superior e o inferior. Este é um dos sítios mais fotogénicos e bonitos do mundo.

Rock Islands, Palau

Em Chalbacheb, Palau, está um fascinante arquipélago que pouca gente alcança e pouca gente sabe sobre. O paraíso intocado ganhou fama após imagens aéreas capturas por fotógrafos começarem a circular na internet. São 250 pequenas ilhas no Oceano Pacífico, com uma população de aproximadamente 20 mil habitantes. Operadoras de turismo fazem passeios de barco até o local.

Delta do Okavango - África

O rio Cubango (ou Okavango), é um rio da África austral que faz a fronteira natural entre Angola e a Namíbia, país onde dá nome a uma das suas regiões. Nasce nos planaltos do interior angolano e corre em direção a sudeste, atravessando a faixa de Caprivi (na Namíbia) para chegar ao maior delta interior do mundo, em Botswana, num pântano com grande interesse ecoturístico, onde se dispersa no deserto do Kalahari, próximo ao pântanos temporários de Makgadikgadi. O delta em si cobre uma superfície entre 15.000 km² e 22.000 km² durante as cheias, encontra-se ao norte do país, na região de Ngamiland, com capital em Maun, a 942 m de altitude.

Lençóis Maranhenses - Brasil

O Parque Nacional dos Lençóis é um paraíso ecológico com 155 mil hectares de dunas, rios, lagoas e manguezais. Raro fenômeno geológico, foi formado ao longo de milhares de anos através da ação da natureza. As suas paisagens são deslumbrantes: imensidões de areias que fazem o lugar assemelhar-se a um deserto. Mas com características bem diferenciadas. Na verdade chove na região, que é banhada por rios. E são as chuvas, aliás, que garantem aos Lençóis algumas das suas paisagens mais belas. As águas pluviais formam lagoas que se espalham em praticamente toda a área do parque formando uma paisagem inigualável. Algumas delas, como a Lagoa Azul e Lagoa Bonita já são famosas pela beleza e condições de banho.

Lago Carerra - Argentina e Chile

O lago Carrera é compartilhado pela Argentina e pelo Chile. Contudo, é no lado chileno do belo lago que existem cavernas e passagens de mármore incrivelmente bonitas. Estas formações foram esculpidas pela erosão e estão divididas em três formações de mármore principais: LaCapilla (Capela), El Catedral (Catedral), e La Cueva (caverna). O impressionante labirinto de cavernas de mármore é grande o suficiente para um pequeno barco poder navegar.

Tepui, Venezuela

As montanhas de mesa plana no Planalto das Guianas, na Venezuela, tem nome de origem indígena, que significa “casa dos deuses”. O ponto mais alto chega a ter 3 mil metros de altura. Somente três picos podem ser alcançados a pé, incluindo o Monte Roraima, na fronteira com o Brasil, que está a 2.180 metros acima do nível do mar.

Peperomia obtusifolia "Variegata"

Peperômias são populares como pequena planta dentro de casa. Existem em torno de 1.000 espécies, aproximadamente 100 variedades são cultivadas e cerca de 10 variedades significam a maioridade na produção comercial. Muitas são variedades da espécie P. obtusifolia. O nome Peperômia se refere a folhagem com certa semelhança com a Pimenta, enquanto obtusifolia se refere a forma oval da folha. Muitas Peperômias crescem, em seu habitat natural, como epífitas o que normalmente são nos trópicos do hemisfério oeste. Peperômia obtusifolia, por exemplo, é nativa da América Tropical e do Sul da Flórida. Por causa do seu habitat e a sua tendência epifítica as peperômias gostam de umidade, baixo nível de água no solo, e altos níveis de luz. Como outros epífitas, peperômias são fáceis de enraizar.

Cataratas Honokohau, Maui

Com uma queda livre de 341 metros de altura, as cataratas de Honokohau são paraísos intocados em meio a uma paisagem verde deslumbrante. As quedas mais altas de Maui ficam no meio de montanhas inacessíveis, portanto só são observadas a distância ou por helicópteros que sobrevoam a região.

Parque Nacional Yosemite - EUA

O parque cobre uma área de 3.081 km², estando a sua altitude compreendida entre os 600 e os 4.000 metros. O parque de Yosemite recebe a visita de cerca de três milhões de visitantes por ano, grande parte somente para ver o vale de Yosemite, mas no parque existem muitas outras atrações, pois é reconhecido internacionalmente pelos seus espetaculares desfiladeiros de granito, cascatas, bosques de sequóias gigantes e grande biodiversidade, que lhe valeram a designação de Património Mundial em 1984.

Vulcão Dallol, Etiópia

O deserto de Danakil, na parte oriental da Etiópia, reserva um dos lugares mais fascinantes e mais quentes da Terra. Com temperaturas que podem chegar a 60ºC, o vulcão Dallol surpreende por seu terreno ardente forrado de cores brilhantes, do laranja ao verde. A paisagem se forma devido o impacto de magma basáltico nas minas de sal e a atividade hidrotermal no subsolo.

Gostou?

Colabore com esta seção enviando uma foto de sua autoria registrando um lugar, um momento em que você viu a mão de Deus agindo.